1963 – Criado o Centro de Pesquisas e Desenvolvimento - Cenpes

O ano de 1963 é marcado pela criação do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Miguez da Petrobras (Cenpes). Reunir num mesmo espaço o corpo técnico responsável pela evolução tecnológica da companhia foi um passo estratégico. Desde 1940, havia a preocupação do governo com a carência de mão de obra e tecnologia para o desenvolvimento de uma indústria do petróleo local forte. Ao surgir a Petrobras, em 1953, vários setores da nova empresa foram estruturados com essa finalidade. O resultado, porém, ainda não era satisfatório.

Outro fato que contribuiu diretamente para a criação do Cenpes foi o relatório produzido por especialistas russos, em 1963, sob encomenda da Petrobras. O material destacou a experiência em exploração e perfuração que a companhia adquirira, porém fazia ressalvas. A mais importante, sem dúvida, era o fato de que sem apoio da pesquisa científica e de laboratórios avançados seria impossível obter um rápido desenvolvimento tecnológico nos diferentes ramos da indústria do petróleo. O estudo sugeria a criação de uma instituição nos moldes do Instituto Científico e Tecnológico da Índia.

O novo centro de pesquisas passou a responder pelo desenvolvimento tecnológico nas áreas de exploração, produção e refino de petróleo e gás natural, além de energias renováveis e desenvolvimento sustentável. As instalações, na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro, ficaram prontas em 1966. Atualmente o Cenpes é um dos complexos de pesquisa aplicada mais importantes do mundo, o maior do Hemisfério Sul. Conta com 1.897 empregados, dos quais 1.420 dedicados exclusivamente à pesquisa e desenvolvimento e 314 à engenharia básica dos projetos. Entre os pesquisadores, 23% possuem título de doutorado e 42% de mestrado. Levantamento feito pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) indicou que para cada pesquisador do Cenpes há 15 externos – em universidades, fornecedores e parceiros.

As equipes de pesquisadores do Cenpes trabalham em laboratórios avançados e salas de simulações e imersão em processos da indústria de energia. A Petrobras formou redes colaborativas e temáticas de universidades e institutos especializados para pesquisar soluções tecnológicas.

As instalações do Cenpes foram ampliadas em 2010, ocupam cerca de 300 mil metros quadrados, na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

Galeria de fotos relacionadas à este momento