1955 – Primeira refinaria com o DNA Petrobras

No dia 16 de abril de 1955, foi inaugurada a refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão, São Paulo. A companhia já havia herdado as instalações de Mataripe, na Bahia, do Conselho Nacional de Petróleo (CNP), mas a unidade paulista foi a primeira a nascer já com o ‘DNA Petrobras’. Com a missão de suprir 50% da demanda de abastecimento de derivados de petróleo do Brasil, a refinaria tinha capacidade para processar 45 mil barris/dia.

Ao longo das décadas de 60, 70 e ainda no ano de 1980, mais nove refinarias foram construídas pela Petrobras.

Na última década, a companhia voltou a investir em novas unidades. Ao todo, serão quatro novas refinarias. De acordo com o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras 2013-2017, estas novas unidades estarão com plena capacidade de produção até 2020.

Atualmente: A Petrobras atingiu, no mês de agosto, recorde de produção de diesel e gasolina nas suas refinarias no Brasil. Foram produzidos 4,402 milhões de m³ de diesel e 2,530 milhões de m³ de gasolina, representando um acréscimo de 111 mil m³ de diesel e 20 mil m³ de gasolina em relação ao recorde mensal anterior, obtido em maio de 2013.

Galeria de fotos relacionadas à este momento

Materiais para download